oficinas

Oficinas de formação

As oficinas são oferecidas ao longo de todo o ano, mediante agendamento prévio. Podem ser realizadas em dois formatos, ou com o objetivo de apenas apresentar o museu a estudantes de pedagogia, educadores e gestores socioculturais, ou com o objetivo de preparar educadores e gestores que desejem levar grupos para participarem de visitas teatralizadas à exposição permanente ou ações educativas nas exposições itinerantes.

Atividades:
Apresentação do museu com ênfase nas potencialidades educativas do acervo, visita guiada por especialista e distribuição de folhetos informativos sobre o Museu Casa do Pontal. Quando se trata de uma oficina de preparação para a visita teatralizada é também exibido o vídeo institucional do Programa Educacional e Social do Museu Casa do Pontal, seguido de apresentação da metodologia adotada e dos conteúdos de identidade e diversidade cultural abordados, desenvolvidos em consonância aos Parâmetros Curriculares Nacionais, seguida de visita guiada exemplificando a metodologia na abordagem do acervo. O fechamento com debate e troca de ideias sobre as visitas teatralizadas ao acervo permanente, as exposições itinerantes e os objetivos específicos trazidos pelos professores. 

Duração e horários:
A apresentação cultural tem aproximadamente uma hora e trinta minutos de duração (de 10:00h às 11:30h ou de 14:30h às 16:00h) e a preparação para visita teatralizada dura cerca de duas horas e trinta minutos (de 9:30h às 12:00h ou de 14:00h às 16:30h).

Procedimentos para agendamento: 
Reserva pelo telefone (21) 2490-2429, seguida de um fax de confirmação de número de participantes, dia e horário acordados, explicitando as perspectivas de desdobramento planejadas. Esta atividade é oferecida gratuitamente, exigindo-se um mínimo de 15 participantes. 

Oficinas temáticas

As oficinas de experimentações artísticas são realizadas em ocasiões especiais, associadas a projetos culturais e expositivos, em formato de curta e longa duração. As oficinas de longa duração se desenvolvem durante um semestre. Abordam linguagens diversificadas do universo da arte e da cultura popular brasileira, a exemplo do teatro de mamulengos, do bumba-meu-boi e de performances afro-brasileiras. As aulas são modulares e ministradas por oficineiros convidados, com especialidade de atuação em cada tema proposto. Ao final do semestre, as turmas vivenciam uma prática de montagem. Nas oficinas de curta duração, chamadas oficinas brincantes e que podem se estender por até um mês, os participantes vivenciam brincadeiras, danças e ritmos do universo da cultura popular brasileira.