Exposições educativas

Fluxos e Migrações - 2016

A exposição itinerante “Fluxos e Migrações” integra as comemorações do aniversário de 40 anos do Museu Casa do Pontal. A mostra aborda o tema da migração no Brasil e no exterior - fenômeno complexo, relacionado com diferentes causas e estímulos que está em foco nos noticiários atualmente. Ao longo da exposição são apresentadas as etapas pelas quais o imigrante passa de seu ponto de origem até seu destino, no qual ele tem que se adaptar à nova realidade.

Fluxos e Migrações presta homenagem também ao frnacês Jacques Van de Beuque - imigrante que chegou ao Brasil, em 1946, como refugiado da Segunda Guerra Mundial. Foi graças ao trabalho dele que hoje existe o Museu Casa do Pontal -  com o maior acervo de arte popular brasileira do país. 

Mais de 40 obras do acervo permanente da instituição estarão na exposição itinerante em Duque de Caxias. Entre elas, obras dos artistas pernambucanos Mestre Vitalino, Manuel Vitalino, Zé Rodrigues, Manuel Eudócio e Amaro Rodrigues. Peças de artistas de São Paulo, Alagoas, Minas Gerais e Rio de Janeiro completam a mostra.

Locais:

Biblioteca Municipal Leonel de Moura Brizola

Duque de Caxias - RJ

  • -22,788581
  • -43,310140

A Vida das Ruas - 2013/2014

A mostra reúne 60 modelagens em barro, entalhes em madeira e sucata de metal. São obras feitas por artistas de várias partes do Brasil, cujas biografias encontram-se também em exposição. Os textos são do geógrafo Jorge Luiz Barbosa, professor do Departamento de Geografia da Universidade Federal Fluminense (UFF) e diretor do Observatório de Favelas. As fotografias de personagens cariocas são criações do cientista social Gabriel Kubrusly. A exposição pretende chamar a atenção para a dinâmica da vida urbana contemporânea, contribuindo para o entendimento deste território de uso comum. 

Locais:

Biblioteca Parque Manguinhos

Rio de Janeiro, RJ

Ecomuseu de Santa Cruz - Palacete Princesa Isabel

Santa Cruz, RJ

Casa de Cultura de Belford Roxo

Belford Roxo, RJ

Centro Cultural Laurinda Santos Lobo

Rio de Janeiro, RJ

Prefeitura de Mesquita  

Mesquita, RJ

  • -22.876727
  • -22.922580
  • -22.737387
  • -22.919988
  • -22.7836559
  • -43.245173
  • -43.693274
  • -43.392556
  • -43.188249
  • -43.4318534

Abracadabra - jogos, brincadeiras e diversões - 2010

A mostra prestou uma homenagem ao circo, com palhaços, malabaristas e mágicos retratados pelo artista Antônio de Oliveira, além de um vídeo da obra em movimento “Circo”, de Adalton Lopes, sucesso entre o público que visita a exposição permanente do Museu Casa do Pontal.


Locais:

Centro de Artes Calouste Gulbenkian/Praça XI
Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural Laurinda Santos Lobo/Santa Teresa
Rio de Janeiro, RJ

Biblioteca Popular Euclides da Cunha/Ilha do Governador
Rio de Janeiro, RJ

Núcleo de Arte Nise da Silveira/Engenho de Dentro
Rio de Janeiro, RJ

Ecomuseu Quarteirão/Santa Cruz
Rio de Janeiro, RJ

  • -22.90789
  • -22.91988
  • -22.90977
  • -22.90052
  • -22.92485
  • -43.19573
  • -43.18841
  • -43.17588
  • -43.30221
  • -43.23296

Tempos de Encontro - 2011

A mostra fez uma homenagem aos encontros, através de esculturas que falam de um cotidiano conciliado com o tempo e que parece deixar de lado as reclamações sobre sua falta. Um cotidiano que vai buscar inspiração nas pequenas propriedades rurais, com a alegria de seus folguedos, mas que não esquece a vida urbana, com os jogos nas praças, as danças de pares e as festas grandiosas.

Locais:

Museu Casa Quissamã
Quissamã, RJ

Museu Casa de Casimiro de Abreu
Barra de São João, RJ

Centro Cultural Casarão de Japuíba
Cachoeiras de Macacu, RJ

  • -22.10726
  • -22.58983
  • -22,45954
  • -41.47237
  • -41.9940
  • -42,6530

Afro-brasilidades na Arte Popular – 2009

A exposição teve o objetivo de chamar a atenção para a maneira como a afro-brasilidade está presente na arte popular brasileira contemporânea, trazendo esculturas que documentam e interpretam a convivialidade e o cotidiano multiétnico e obras que documentam festas, religiões e rituais que, embora ligados visceralmente aos universos culturais afro-brasileiros, também trazem contribuições de outras origens

Locais:

Centro Cultural Laurinda Santos Lobo/Santa Teresa
Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural José Bonifácio/Gamboa
Rio de Janeiro, RJ

Biblioteca Leonel de Moura Brizola
Duque de Caxias, RJ

Espaço Cultural Sylvio Monteiro/Centro
Nova Iguaçu, RJ

 

  • -22.91965
  • -22.89624
  • -22.78786
  • -22.78575
  • -43.1884
  • -43.19449
  • -43.31080
  • -43.31358

Mamulengo: o riso do povo, o riso do novo – 2007/2008

A temática abordada foi o teatro de mamulengo e seus universos culturais. O teatro de mamulengo é um tipo de teatro popular, cujos personagens são bonecos entalhados em madeira e vestidos com tecidos, manipulados por atores que se escondem atrás do cenário.


Locais:                      

Casa de Cultura Belford Roxo
Belford Roxo, RJ

Casa das Artes de São Gonçalo/UERJ
São Gonçalo, RJ

Centro Cultural Profª Dyla Sylvia de Sá/Jacarepaguá
Rio de Janeiro, RJ

Casa de Cultura de Duque de Caxias
Duque de Caxias, RJ

Biblioteca Pública Leonel de Moura Brizola
Duque de Caxias, RJ

Núcleo de Arte Albert Einstein/Barra da Tijuca
Rio de Janeiro, RJ

Biblioteca Popular da Ilha do Governador
Rio de Janeiro, RJ

Espaço Cultural Sylvio Monteiro
Nova Iguaçu, RJ

  • -22.74129
  • -22.82769
  • -22.8975
  • -22.87013
  • -22.78786
  • -23.00315
  • -22.80504
  • -22.76143
  • -43.39491
  • -43.05362
  • -43.3541
  • -43.1067
  • -43.31080
  • -43.38316
  • -43.18175
  • -43.4505

Soltando os Bichos – 2006/2007

A exposição apresentou o animal na natureza, no imaginário e em suas relações com o homem. Organizadas tematicamente, as obras selecionadas mostravam diferentes aspectos dessas relações, sejam de cunho mais realista e cotidiano, sejam desdobramentos da imaginação, aparecendo sob a forma de mitos e fantasias.


Locais:

Biblioteca Pública Solar Del Rei/Paquetá
Rio de Janeiro, RJ

Faculdade de Formação de Professores da UERJ
São Gonçalo, RJ

Centro Cultural Antonio Fraga
Queimados, RJ

Centro Cultural Profª Dyla Sylvia de Sá/Jacarepaguá
Rio de Janeiro, RJ

Ecomuseu Quarteirão/Santa Cruz
Rio de Janeiro, RJ

Centro de Turismo Ecológico de Tinguá
Nova Iguaçu, RJ

Casa de Cultura Belford Roxo
Belford Roxo, RJ

Centro Cultural de Duque de Caxias
Duque de Caxias, RJ


Museu da Maré

Rio de Janeiro, RJ

  • -22.832318
  • -22.75921
  • -22.71424
  • -22.89746
  • -22.92485
  • -22.59650
  • -22.86274
  • -22.78835
  • -22.86531
  • -43.072682
  • -43.10860
  • -43.55850
  • -43.35413
  • -43.23296
  • -43.42141
  • -43.3612
  • -43.31042
  • -43.24196

Arte Visível do Jequitinhonha – 2005/2006

As obras reunidas nesta exposição constituíam uma pequena mostra do que se faz em algumas comunidades situadas no vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. A diversidade de obras que são produzidas hoje na região permite entender a produção artística como fruto de uma forte relação entre o saber coletivo e tradicional – expresso pelo domínio da técnica cerâmica, de modos de fazer, aprender e ensinar – e a subjetividade de cada artista.


Locais:

Centro Cultural José Bonifácio/Gamboa
Rio de Janeiro, RJ

Ecomuseu Quarteirão/Santa Cruz
Rio de Janeiro, RJ

Núcleo de Arte Souza da Silveira/Piedade
Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural Antonio Fraga
Queimados, RJ

Centro Cultural João Fernandes/Campo Grande
Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural Meritiense/Vilar dos Teles
São João de Meriti, RJ

Casa de Cultura de Belford Roxo
Belford Roxo, RJ

Centro Cultural de Duque de Caxias
Duque de Caxias, RJ 

  • -22.89619
  • -22.78835
  • -22.86274
  • -22.71424
  • -22.92485
  • -22.89623
  • -22.88132
  • -43.19451
  • -43.31042
  • -43.3612
  • -43.55850
  • -43.23296
  • -43.19450
  • -43.31615

A Arte e o Cotidiano – 2004

As obras selecionadas para esta mostra refletiam sobre a poesia presente no cotidiano, feito muitas vezes de pequenos gestos e tarefas repetitivas, aos quais nem sempre prestamos a devida atenção. O conjunto das obras abordou um cotidiano conciliado com o tempo, e que parece não reclamar de sua falta. Um cotidiano no qual as tarefas diárias e a luta pela sobrevivência ocupam a cena principal e, por vezes, aparecem enlaçadas às outras dimensões da vida – às festas, às brincadeiras, ao amor, à religião e à morte.


Locais:

Biblioteca Joaquim Nabuco/Santa Cruz
Rio de Janeiro, RJ

Núcleo de Arte Albert Einstein/Barra da Tijuca
Rio de Janeiro, RJ

  • -22.92538
  • -23.00315
  • -43.69187
  • -43.38316

Grandes Mestres da Arte Popular Brasileira – 2003

A proposta curatorial desta mostra tomou por inspiração o trabalho e a trajetória de vida de alguns artistas populares. Embora, em sua grande parte, os artistas populares vivam (ou tenham vivido) em diferentes regiões do país e sob condições de vida distintas, suas histórias têm muitos pontos comuns: a maioria iniciou muito cedo seu aprendizado nas artes e quase todos possuem profundo conhecimento das técnicas que utilizam.

Locais:

Biblioteca Popular Euclides da Cunha
Ilha do Governador – Rio de Janeiro, RJ

Biblioteca Joaquim Nabuco
Santa Cruz – Rio de Janeiro, RJ

Biblioteca Popular Machado de Assis
Botafogo – Rio de Janeiro, RJ

  • -22,9099
  • -22.92546
  • -22.94141
  • -43,1758
  • -43.69185
  • -43.18173

A arte da vida em comum – 2002

A exposição tratou das atividades coletivas na contemporaneidade. Num mundo marcado pela individualidade crescente, a exposição ressaltou a riqueza e a complexidade da vida em comum.

Locais:

Biblioteca Popular Euclides da Cunha
Ilha do Governador – Rio de Janeiro, RJ

Biblioteca Joaquim Nabuco
Santa Cruz – Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural Profª Dyla Sylvia de Sá
Jacarepaguá – Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural Laurinda Santos Lobo
Santa Teresa– Rio de Janeiro, RJ

  • -22,9099
  • -22.92546
  • -22.89746
  • -22.91988
  • -43,1758
  • -43.69185
  • -43.35413
  • -43.18843

O Mundo Encantado de Antônio de Oliveira – 2001

A mostra prestou uma homenagem ao artista Antônio de Oliveira, nascido na cidade de Belmiro Braga, MG.

Antônio de Oliveira entregou-se com paixão à recriação de cenas reais ou imaginárias, que compunham o que chamava de "meu mundo encantado". O artista refletiu também sobre seu processo de criação, deixando muitas observações escritas e gravadas.

Locais:

Biblioteca Popular Euclides da Cunha
Ilha do Governador – Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural Laurinda Santos Lobo
Santa Teresa – Rio de Janeiro, RJ

Centro Cultural Profª Dyla Sylvia de Sá
Jacarepaguá – Rio de Janeiro, RJ

Biblioteca João do Rio
Irajá – Rio de Janeiro, RJ

  • -22,9099
  • -22,90977
  • -22.89746
  • -22.91988
  • -22.90975
  • -43,1758
  • -43,17589
  • -43.35413
  • -43.18843
  • -43.17588

Um olhar sobre a cidade – 2000

A exposição teve como objetivo apresentar as questões próprias às grandes cidades, tomando como olhar privilegiado os artistas populares Adalton Fernandes Lopes, Antônio de Oliveira e Dadinho. Tendo como ponto de partida suas obras inspiradas na cidade do Rio de Janeiro, a exposição foi estruturada a partir de quatro amplos eixos temáticos: o espaço e a circulação urbana; as profissões de rua; a festa e os jogos no mundo das crianças e dos adultos; e a familiaridade com diferentes tradições religiosas.       

Local:

Parque das Ruínas
Santa Teresa – Rio de Janeiro, RJ

  • -22,9178
  • -43,1825