Religião

Embora a religião católica seja dominante no Brasil, suas tradições e liturgia adquiriram feições novas entre os brasileiros, a partir do contato entre culturas diversas, ocorrido desde o início da colonização. Adotada pela classe hegemônica dos proprietários portugueses, a religião católica foi sendo adaptada de maneira bastante peculiar, levando ao surgimento de uma religiosidade sincrética, em que a crença nos dogmas cristãos não exclui necessariamente a fé em outros credos, de origem africana, indígena e mesmo européia. Na arte popular a produção de inspiração religiosa é muito intensa, apresentando estilos e resultados estéticos bastante diversificados. Além das obras de inspiração católica, há um vasto repertório de obras ligadas à umbanda, ao candomblé, seus rituais e variantes.

Angela Mascelani

OBRAS
  • São Francisco
  • Exú
  • Maria com véu comprido
  • São Sebastião
  • Exú Caveira
  • Cristo e o cordeiro
  • N. Sra. da Conceição
  • Barco de Exús
  • Exú com foice
  • Presépio
  • Cristo no santo sepulcro
  • Nossa Senhora da Aparecida
  • Iansã
  • Presépio
  • Ex-voto
  • Iemanjá
  • Presépio
  • Homem amarrado em tronco
  • Nossa Senhora da Conceição
  • Ex-voto
  • Nanã
  • Presépio
  • Malhação de Judas
  • Pietá
  • Ex-voto
  • Ogun
  • Presépio
  • Santa Ceia
  • Santa
  • Ex-voto
  • Omulú
  • Presépio
  • Santa
  • Ex-voto
  • Oxalá
  • Procissão
  • Ex-voto
  • Oxóssi
  • Procissão da Ave Maria
  • Santa Luzia
  • Ex-voto ablação de seio
  • Procissão de São José
  • Anjo
  • Santana
  • Oxum
  • Caboclos
  • Mulher rezando
  • Oxumaré
  • São Benedito
  • Mulher rezando
  • Bispo de negro
  • São Francisco
  • Cristo
  • São Francisco

PRESÉPIOS: UM NATAL BEM BRASILEIRO SESC SENAC QUITANDINHA, PETROPOLIS

2018- 2019
SESC SENAC QUITANDINHA
PETRÓPOLIS, RIO DE JANEIRO

Esta exposição celebra o Natal, com a alegria das cores, dos presépios e das devoções populares. Inspirada pela memória do nascimento do menino Deus, lembra a todos a importância dos laços de amizade, do cultivo da generosidade e da doação aos desvalidos. Os presépios fazem parte do ciclo das comemorações natalinas. Costuma-se atribuir sua origem à Idade Média europeia, tendo passado por contínuas transformações ao longo dos séculos. Na arte brasileira, estimulou o surgimento de muitos artistas, que inventaram cenas singelas, deixando um legado de beleza, suavidade e mistério. Nas tradições populares, é a época das celebrações coletivas: dos pastoris, com seus cordões encarnados e azuis, das folias de reis e suas cantorias. Tempo de fartura na mesa e da obediência a certos rituais, como a montagem da árvore de natal – que nos recorda nossa antiga relação com a terra e a natureza. Por ser um período em que se valorizam os sonhos, os desejos e as trocas, nesta exposição o público é convidado a participar, a desejar bons sentimentos para si e para os demais, ajudando a construir um painel de fitas que somente ficará pronto ao final da mostra, no dia 6 de janeiro de 2019. Os presépios aqui apresentados integram as coleções do Museu Casa do Pontal, no Rio de Janeiro. Falam da identidade profunda do país e foram feitos por mais de 20 artistas, de 7 estados: Minas Gerais, Pernambuco, Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Santa Catarina. Vistos um a um, encantam pelos detalhes, pela miniaturização da vida, pela reprodução da cena conhecida por todos. Mostrados em conjunto, agregam uma outra qualidade expressiva – exemplificam a diversidade e riqueza da cultura brasileira. Impactam, encantam e celebram a potência da criatividade popular. Chamam a atenção para os sentimentos nobres, que unem os indivíduos, as famílias e as coletividades.

Museu Casa do Pontal | Ângela Mascelani, Curadora

The “Contemporary Liturgies” exhibit contains 150 works: 13 by Farnese de Andrade, on loan from museums and collections and 141 votives from the Museu Casa do Pontal collection by unknown artists from Canindé, CE. The focus is on the works created by Farnese de Andrade, in which the role of votive offerings are presented as a dialog with the collection from the Museu Casa do Pontal. The votive offerings, and their provocative shapes are removed from the field of religion and placed in the context of art as established by their excellence in contemporary and sacred art.

Páginas